Postagem em destaque

Polícia prende suspeito de ter matado Coronel e criança em Bom Despacho.

O jovem possui uma extensa ficha criminal e existe em seu desfavor um mandado de prisão preventiva. Publicado em 21/11/2017  Darlan Rod...

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Bandidos tentam roubar casa de policial e se dão mau

Da parceira do blog Alterosa.









 Ladrões invadiram uma casa e se deram mal. Um deles fingiu estar armado, mas acabou levando um tiro do dono da casa, um policial civil. A casa tem muros altos, cerca reforçada e ainda está em fase de construção. Os três homens que arrombaram a garagem deixaram marcas no portão. Eles já estavam no terreno, quando foram flagrados pelo dono da casa que viu as imagens de uma câmera de segurança, instalada no alto da parede. Ele reagiu seguindo o velho instinto policial!

Os bandidos invadiram o lugar sem saber que estavam entrando na casa de um policial especializado em dar respostas rápidas. Odono da casa pertence ao GRE (Grupo de Respostas Especiais da Polícia Civil). O homem, que prefere não mostrar o rosto, contou que foi logo pedindo a rendição dos suspeitos.

José Antônio Lopes levou dois tiros na barriga e está internado no Hospital Odilon Behrens, em estado grave. Segundo o policial, foi ele que fingiu estar armado. Tiago Eustáquio Oliveira, de 26 anos, atingido de raspão no braço, foi socorrido e depois levado para a delegacia de plantão.

O suspeito já tem ficha criminal por furto e estupro e estava em liberdade provisória. O terceiro integrante do grupo conseguiu escapar. O aparelho de som que eles retiraram da casa foi recuperado.

O policial, que baleou e prendeu os bandidos, diz que só teve sucesso na ação porque foi treinado para isso e não recomenda que o cidadão comum faça o mesmo. 

“Virei bandido”, diz empresário abordado por engano pela PF no Pará

MARIANA VERSOLATO DE SÃO PAULO
Um empresário de 40 anos de Santarém (PA) afirma ter sido humilhado por agentes da Polícia Federal ao ser confundido com um vizinho investigado por exploração de máquinas caça-níqueis.
Dono de um restaurante na cidade, Junior Chaves diz ter sido acordado em casa por cerca de 30 policiais federais às 8h de quarta-feira (25). Os agentes tinham um mandado de busca e apreensão. Na casa estavam ainda a mulher e os sogros do empresário.
“Ouvi o interfone tocando de forma até estúpida, achei que fosse alguém brincando, um bêbado. Quando abri a janela vi 30 policiais do lado de fora, enfileirados no muro da minha casa, com armas na mão.
 Quando perguntei sobre o que se tratava, gritaram:

`Polícia Federal, abre a porta, bandido! A casa caiu!’.”

Chaves conta que mora em uma avenida movimentada e uma multidão assistia à cena. “Me senti muito humilhado e envergonhado.”

Segundo o relato do empresário, após abrir o portão com as mãos na cabeça, os policiais lhe deram uma chave de braço e o empurraram em direção à casa. Pediram então para ele chamar quem mais estivesse ali. Sua mulher apareceu escoltada por um policial e, logo em seguida, viu seus sogros.

“Minha esposa disse que eu não era bandido. Perguntaram então se ela não sabia que era casada com um marginal, com um vagabundo.”

Chaves disse que só se deu conta do que estava acontecendo quando os policiais o chamaram pelo nome de seu vizinho. “Quando eu disse que não era ele, perguntaram:‘Você quer pagar uma de otário pra gente?
Faz um mês que estamos te seguindo.
O delegado disse ainda que não importava que eu não fosse, que era para calar a boca ou seria preso por desacato.”
O número da casa que estava no mandado era do imóvel de Chaves, mas o nome era de seu vizinho.
Alguns policiais, porém, foram à casa de seu vizinho e confirmaram o engano. O delegado ainda pediu o contrato de aluguel do empresário para conferir as informações e levou o documento.
Divulgação Polícia Civil do Pará
Polícia apreende 65 máquinas
Segundo Chaves, um policial cochichou no ouvido do outro e todos “murcharam”. “Saíram sem pedir desculpas. Só disseram que esperavam que eu entendesse, porque estavam cumprindo ordens.”
O empresário disse que não pretende, por enquanto, acionar a Justiça para pedir indenização.
“Gostaria apenas que se retratassem publicamente. Não consigo dormir, a família toda ficou muito abalada com essa humilhação. Depois a PF disse na imprensa que a operação havia ocorrido dentro da normalidade, mas não podem achar isso normal. Para quem assistiu à cena na rua, virei bandido.”
O empresário ficou com uma cópia do mandado de busca. Ele conta que um delegado da Polícia Civil e seu vizinho, que já foi libertado, lhe pediram desculpas.

“Eu sou branco e tenho 1,81 metro. Meu vizinho é mais moreno, careca. Não temos nada a ver. Não sei que investigação foi essa que eles fizeram.”

A operação Caça e Caçador, de combate ao jogo ilegal na região de Santarém, envolve as polícias Federal e Civil do Pará, e já dura dez meses.
Procurada, a Polícia Federal disse que só poderia comentar as afirmações do empresário nesta segunda-feira (30).

Veja como foi que o sequestrador de São Roque de Minas se entregou à polícia


Da parceira  TV Alterosa

Lindair Marques, de 32 anos, se entregou hoje à polícia. Ele se apresentou por volta das 10h30 desta segunda-feira. Segundo a Divisão de Operações Especiais (Deoesp), houve uma negociação para que Lindair se entregasse, exigindo a presença de sua advogada, do irmão e da TV Alterosa que acompanhou tudo com exclusividade. Veja como foi a rendição

Cidadã nota 10 da semana.

Andreia Machado. 

Técnico de Enfermagem , ela trabalha na Santa Casa de Pompéu.
Dedicada, sempre atende a todos com grande presteza e eficiência. 
O blog  se congratula.
Andreia Machado

domingo, 29 de abril de 2012

Um a menos: assaltante é morto por policial durante assalto com refem.


28 de abril de 2012 - Um policial militar matou um bandido dentro de uma loja em Ipatinga, no Vale do Aço. O repórter Tiago Borges tem as informações.

Denuncia: Copasa deixa moradores em água em Pompéu

O Vereador Experidiao Porto (PV) foi convocado neste sábado (28) por moradores do Conjunto Habitacional Paulo Otacílio Cordeiro, para receber no local uma denuncia de falta de água. Porto confirmou no local que água lá é abundante como no deserto do Saara. Só alguns dias da semana as caixas recebem água da Copasa, resultado trabalhadores chegam cansados do trabalho e não tem como tomar banho, crianças tem de ser levadas para casa de parentes de não quiserem ir sujas para  aula.

Câmara.

Experidiao orientou moradores a irem a té a Câmara Municipal na próxima reunião, lá será feita uma denuncia formal ao Procon e a própria Copasa, o moradores receberam também do Gabinete do Vereador toda assistência jurídica caso a situação não se resolva pelas vias diplomáticas .

Sugestão do leitor:

Marco por  
10:06 (3 horas atrás)
Marco deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Denuncia: Copasa deixa moradores em água em Pompéu...":

Poderá ser ajuizada uma ação civil pública promovida pelo Ministério Público ou pela Associação do Bairro em tela e/ou propor uma ação de indenização por danos morais e materiais (+- de 4.000,00 a 14.000,00) via Juizado de Pequenas Causas (esta deverá ser ajuizada por cada cidadão prejudicado), em face da Concessionária de Serviço Público em questão, neste caso, a COPASA. Busquem seus direitos cidadãos!!!




Gustavo Carvalho Aqui em casa quase toda semana falta água, geralmente nas quintas e/ou sextas-feiras.
há 57 minutos · 



Veja o video com a denuncia dos moradores:

Concurso Público- Edital 002/2012 - Prefeitura Municipal de Pompéu.


Edital de Convocação para realização de Prova Prática

E-mailImprimirPDF
De acordo com o item 6.11 do Edital, convocamos os candidatos classificados para a execução da Prova Prática, a se realizar no dia 06 de maio de 2012, no prédio da antiga Prefeitura, situado na Rua Padre João Porto, nº 453 em Pompéu.
Horários:
Pedreiro e Bombeiro Hidráulico às 08:00 horas.
Mecânico Eletricista, Eletricista, Motorista, às 09:00 horas
Mecânico às 10:00 horas.


Pompéu, 27 de abril de 2012.
Joaquim Campos Reis
Prefeito Municipal de Pompéu.

sábado, 28 de abril de 2012

Um a menos: PM manda mais um assaltante viajar.


Cem anos de Bom Despacho será comemorado a cavalo.


Publicado em 27/04/2012 às 08:39
de Bom Despacho

Percurso é de sete quilômetros e são esperadas cerca de cinco mil pessoas

Será realizada neste sábado (28) a primeira cavalgada em comemoração aos 100 anos de Bom Despacho, no Centro-Oeste. O evento está previsto para começar às 9h, no parque de exposições da cidade. Todos podem participar e a entrada é gratuita. O percurso é de sete quilômetros e são esperadas cerca de cinco mil pessoas.

Falta de rabecões deixam corpos esperando horas para serem recolhidos.

Sucateamento da Polícia Civil, quem sofre é a população.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

PRF recupera carro roubado do Chefe da Polícia Civil

O suspeito foi flagrado na BR-040, em Congonhas, na Região Central do Estado. Ele conseguiu fugir depois de bater o carro


Publicação: 27/04/2012 20:16 Atualização: 27/04/2012 21:17

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Congonhas, na Região Central de Minas Gerais, conseguiram recuperar a viatura descaracterizada da Polícia Civil que foi roubada na manhã desta sexta-feira, no Bairro Santa Cruz, na Região Nordeste de BH. O veículo foi perseguido e o motorista bateu o carro em um barranco. O suspeito conseguiu fugir.

Segundo a Polícia Civil, um homem abordou o motorista do chefe da corporação, Cylton Brandão, e levou o veículo. Um cerco foi montado na região para tentar recuperá-lo. “Recebemos a informação do roubo e fizemos um cerco na BR-040 para tentar flagrar o carro. Durante uma blitz, que era realizada no km 611, conseguimos localizá-lo”, afirma o policial Rodoviário Federal, Melo Rezende.

De acordo com Rezende, foi dado sinal de parada para o condutor do Vectra de cor preta, porém ele desobedeceu a ordem e acelerou o veículo. “Nós o perseguimos e ele saiu da pista, e bateu em um barranco com umas pedras. O suspeito saiu do carro e se embrenhou num matagal e não foi localizado”, explica.

O carro teve o radiador furado e foi levado para a Polícia Civil de Conselheiro Lafaiete, onde vai passar por perícia. Nenhuma arma foi encontrada no carro.