Postagem em destaque

Polícia prende suspeito de ter matado Coronel e criança em Bom Despacho.

O jovem possui uma extensa ficha criminal e existe em seu desfavor um mandado de prisão preventiva. Publicado em 21/11/2017  Darlan Rod...

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Zezé Perrela acusa promotores de "Atleticanos" perseguidores, veja o video.

Senador e ex-presidente do Cruzeiro questiona atuação do Ministério Público e diz que não tem nada a temer do passado




O senador e ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perrella comentou sobre invetigações que tem sido alvo do Ministério Público, da época que era mandatário celeste. Segundo Perrella, ele sofre perseguição política de alguns promotores. "Um deles é atleticano doente", dispara.

O político afirma que está tranquilo de seu passado e que já foi alvo de várias investigações; mas nunca conseguiu ser denunciado. "Por que esses promotores não vão se preocupar com o tráfico de drogas ou outros crimes? Esses camaradas estão é busca de holofote, buscam envover políticos e pessoas de renome", acusa.

Feliz 2014!… CIDADÃO DE POMPÉU, BOM DESPACHO E REGIÃO e POLICIAIS DO BRASIL.




{{var_imageCatName}}



Fazer sucesso criando blog de futebol , especialmente escrevendo sobre o Galo , é tarefa das mais fáceis .
Qualquer um faz!
Conquistar leitores divulgando notícias e escrevendo sobre a Polícia Civil de Minas e sobre noticias da região de Pompéu não é tarefa nada simples.
De futebol quase todo mundo gosta.
Atleticanos e cruzeirenses, Brasil afora, se contam aos milhões.
Verdadeiramente, não obstante grandes dificuldades, 2013 marca o nosso Blog do Rabugento se firmou como uma das mídias sobre assuntos policiais e regionais mais importantes do Brasil.
Diga-se de passagem, absolutamente independente.
Foram mais de 1.206.586 visitas; contando milhares de leitores fieis que diariamente nos honram com seu precioso tempo.
Por várias vezes ultrapassando a marca de 6.000 acessos num único dia.
Nada ruim para um Blog amador!
Especialmente em tempos de Facebook e Twiter.
Um grande feito, considerando-se o nosso público principal: policiais e moradores de Pompéu e região.
Desagregadores  e traidores à parte , o humilde sucesso deste Blog jamais teria ocorrido não fosse a fidelidade e o carinho de milhares de amigos anônimos; também sem o auxílio de colaboradores como o amigo Fofão, Michele do Sindpol e muitos outros anônimos que não apenas escrevem neste nosso ( de todos nós ) Blog, mas que também acreditam em nossa firmeza de caráter e pureza de propósitos, o preço por falar a verdade as vezes é alto mas pagamos com satisfação.
A divulgação iniciada a 4 anos, continuará em 2014, sempre alicerçada na companhia diária de nossos queridos leitores.
Com verdadeira gratidão queremos para todos os nossos amigos e leitores um 2014 renovador.
De muitas conquistas, saúde, alegria e dinheiro.
Vida longa aos nossos amigos,  leitores e ao blog do Rabugento…
Justiça e paz para todos!
Equipe do Blog.

Filme de filho de pompeano ganha premio em Brasilia




Tiago Campos cuja família é de Pompéu, ele é Bisneto de Joaquim Afonso e de Xisto Capos, sobrinho de Levi Campos ex Prefeito de Pompéu
Foram anunciados na noite desta terça-feira (24) os premiados da 46ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que teve "Exilados do Vulcão" e "O Mestre e o Divino" como principais vencedores, nas categorias Melhor longa ficção e Melhor longa documentário, respectivamente.
"Exilados do Vulcão", de Paula Gaitán, foi premiado em R$ 250 mil do total de R$ 700 mil da premiação oficial. "O Mestre e o Divino", de Tiago Campos, ficará com R$100 mil.
O festival exibiu um total de 30 filmes, divididos em curtas de documentário, longas de documentário, curtas de animação, curtas de ficção e longas de ficção.
O júri popular premiou "Os Pobres Diabos", de Rosemberg Cariry, como Melhor filme de longa metragem e "Faroeste - Um Autêntico Western", de Wesley Rodrigues, como Melhor filme de curta metragem.

TIAGO CAMPOS 


Nascido em Belo Horizonte, em 1982, filha de Katia Campos, onde viveu até os 15 anos de idade, mudou-se para Brasília onde começou graduação em antropologia pela UNB. Concluiu a graduação em 2008 com monografia sobre antropologia visual compartilhada. Juntamente com Ernesto de Carvalho e Francisco Nogueira criou a Zumbayllu, um coletivo de produção cinematográfica, onde dirigiu o documentário "No Palácio da Rainha".

Inspirados pela vídeo-carta "Das crianças Ikpeng para o mundo", das oficinas do Vídeo nas Aldeias, Tiago e Ernesto realizaram uma oficina de vídeo para um grupo de meninos de rua em Brasília, que gerou o filme "Procurando Aroldo".

Desde 2006, trabalha com o Vídeo nas Aldeias, dando oficinas de realização, de edição (Ashaninka, Guarani, Kisedje, Xavante), e sobretudo editando e finalizando filmes. Em 2009 finalizou seu primeiro filme em parceria com Divino Tserewahú chamado "Mulheres Xavante semnome" de 56 minutos e que integra o DVD Xavante da Coleção Cineastas 

Corpo encontrado boiando em no rio Pitangui com as mãos amarradas foi reconhecido


Gilberto Castanheira foi encontrado boiando no Rio Pará em Pitangui.
Polícia deve pedir quebra do sigilo bancário para investigações.

Marina AlvesDo G1 Centro-Oeste de Minas

desaparecido Gilberto Castanheira Mendonça comerciante  funcionário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Divinópolis MG (Foto: Reprodução/TV Integração)Gilberto estava desaparecido desde o dia 26
(Foto: Reprodução/TV Integração)
O corpo do comerciante e funcionário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Divinópolis, Gilberto Castanheira Mendonça, de 36 anos, foi reconhecido pelo irmão Giovane Castanheira Mendonça e pela namorada Ana Paula neste domingo (29), no Instituto Médico Legal (IML) de Pará de Minas. Gilberto estava desaparecido desde quinta-feira (26) e o carro dele foi encontrado queimado neste sábado (28). No domingo, o corpo foi encontrado boiando no Rio Pará, perto de Pitangui. O enterro foi realizado na manhã desta segunda-feira (30), no Cemitério do Centro em Divinópolis.
Segundo Ana Paula, a família ainda não sabe o que pode ter motivado o crime. "Ele era uma pessoa calma, tranquila, não tinha envolvimento com droga ou apresentava comportamento violento. Não fazemos ideia do porque desse crime. Não temos pistas nenhuma até agora", relatou.

De acordo com a namorada, eles aguardam a autorização do juiz para a quebra de sigilo bancário e telefônico de Gilberto nas próximas horas.
Segundo os parentes do funcionário público, ele saiu de casa para ir ao supermercado um dia após o Natal e, desde então, não foi mais visto. 
Amigos de Gilberto afirmaram não terem notado diferenças no comportamento dele nos últimos dias. "Na quinta-feira, eu telefonei para o Gilberto e ele aparentemente estava tranquilo. Conversamos sobre carros e sobre o trabalho. Não havia nada de anormal", contou o servidor público, Nilson Flávio.
O carro em que ele foi visto pela última vez foi encontrado completamente queimado no Bairro João Paulo II em Divinópolis. No domingo, um corpo foi encontrado boiando próximo às margens do Rio Pará, entre Conceição do Pará e Pitangui. De acordo com os bombeiros de Nova Serrana, a vítima estava com fita adesiva na boca e também nas mãos. O corpo foi encaminhado para o IML de Pará de Minas, onde a família fez o reconhecimento
.

Prefeitura de Bom Despacho faz três pagamentos após conter gastos

Fernando cabral sorridente assinando papel 120913
O Prefeito Feranando Cabral


Salários de novembro, dezembro e 13° foram pagos neste mês.
Economia nas contas públicas foi fundamental para pagamentos.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
O salário de dezembro dos servidores municipais de Bom Despacho foi antecipado em uma semana e pago nesta segunda-feira (30). Além desse salário, o referente a novembro e o 13° também foram pagos neste mês, após a Prefeitura regularizar as contas do município.
De acordo com a assessoria de comunicação, foi feito um trabalho de contenção dos gastos públicos para que as contas fossem pagas em dia. “Com essa economia, o município teve condições de continuar pagando os salários dos servidores e realizar esses três pagamentos em dezembro”, acrescentou o assessor Alexandre Borges.
No dia 3 foi pago o salário de novembro e o 13º salário antecipado foi pago no dia 6. De acordo com o prefeito Fernando Cabral (PPS), esse adiantamento foi inédito. “Recebemos a Prefeitura endividada e sem crédito e, no prazo de um ano, conseguimos avançar”, informou.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Policial leva facadas durante ocorrência de briga e mata agressor a tiros.


Durante confusão, policial foi ferido, atirou contra agressor, que morreu.
Um inquérito militar será instaurado para investigar conduta de PM.

Do G1
PM Polícia Militar faca esfaqueado Carmo do Cajuru MG (Foto: Reprodução/TV Integração)PM levou facada ao atender ocorrência de briga em
festa na casa (Foto: Reprodução/TV Integração)
Um policial militar foi esfaqueado na madrugada deste sábado (28), durante o atendimento a uma ocorrência de briga em uma festa realizada em uma casa no Centro de Carmo do Cajuru. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele reagiu ao ataque do agressor, de 22 anos, que acabou morrendo no local. O militar foi internado no Hospital São João de Deus (HSJD) em Divinópolis. A PM irá abrir inquérito militar para investigar a conduta do policial.
Por volta das 2h30, a PM recebeu uma ligação informando sobre uma briga em uma festa. Ao chegar ao local, um dos policiais tentou conter a confusão e foi atingido pelas facadas desferidas por um jovem de 22 anos. Na tentativa de se defender, o militar atirou contra o agressor, que não resistiu ao ferimento. "O autor foi para cima do policial com uma faca e foi usado um bastão de madeira para impedir a agressão, mas mesmo assim ele não parou", informou o tenente Wellington Campos e Silva.
Duas pessoas que estavam na casa foram encaminhadas à delegacia e o militar, ao hospital. "Ele não corre risco de morte, mas continua internado em observação", relatou o tenente.
Por conta da morte do agressor, um inquérito militar será instaurado para investigar a conduta do policial, que está na corporação há 20 anos. "Apesar de estar bem claro que o policial agiu em legítima defesa, é necessário fazer esse processo", explicou o tenente Wellington
.

Primeiro fuzil brasileiro é Mineiro mas em breve provavelmente estará nas favelas do Rio.

O modelo 5,56 IA2 é produzido na Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) em Itajubá, no Sul do estado

Publicação: 29/12/2013 08:26 Atualização:

A indústria bélica nacional ganhou uma novidade tecnológica este ano. O primeiro fuzil 100% brasileiro é fabricado em Minas Gerais. O modelo 5,56 IA2 é produzido na Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) em Itajubá, no Sul do estado. O primeiro lote-piloto foi entregue em fevereiro, com 1.500 armas e o uso foi autorizado pela Portaria 211, de 23 de outubro de 2013. 

 (Divulgação Imbel)O fuzil de assalto pode atingir um alvo a 600 metros de distância e pode dar mais de 600 tiros por minuto. É uma arma mais leve que outros fuzis, tendo pouco mais de três quilos. Ele vem para substituir o modelo FAL, ainda usado pelas Forças Armadas Brasileiras. 


A Imbel é uma empresa pública, vinculada ao Ministério da Defesa/Comando do Exército. Além de Itajubá, há fábricas em Piquete, (SP), Juiz de Fora (MG) e Magé (RJ). Os novos fuzis já foram comprados pelo Exército e algumas polícias do Nordeste, Espírito Santo e São Paulo.

Corte da cana para muda nos canaviais em Pompéu

Veja o vídeo:

Avião combate "cigarrinha" nos canaviais em Pompéu.

Veja o vídeo:

sábado, 28 de dezembro de 2013

SP e MG mesma realidade: o policial da decada de 80 era um apaixonado prla profissão.

Com certeza serei criticado por alguns, mas compreendido por outros, relatarei a partir de agora, com os detalhes pertinentes, a trajetória de um Investigador de Policia, que prestou concurso na década de 80. O inicio, a inscrição para o certame, que demorou 2 anos, até a convocação para a Academia de Policia. Depois de mais alguns meses, iniciou-se o curso de formação. A Academia era uma coisa deplorável, quando chovia, alagava tudo, inclusive os alojamentos. A alimentação era em uma Cantina que todos conhecem, mas hoje em dia, podem ter certeza, se é ruim, melhorou bastante, ou então, a pessoa sairia correndo até a Av. Vital Brasil e por lá se alimentasse.
As salas de aulas, nem ventiladores tinham, mas éramos obrigados a trajar paletó e gravata. Após as aulas de atividades físicas ou defesa pessoal, raramente havia água para banho, todos já suados pelos trajes e depois pela atividade, na maioria das vezes, vestiam suas roupas e voltavam para a sala de aula. O retorno para casa, em conduções lotadas e o sujeito fedendo muito.
Finalmente, terminou o curso, fomos mandados para a Delegacia Geral, de lá o signatário, foi designado para a 1ª Regional, consecutivamente para o extinto DEGRAN, onde por anos seguidos trabalhei. Apenas um pequeno detalhe, desde o inicio do curso de formação, aguardamos NOVE MESES, para que o estado iniciasse os pagamentos.
Sem armamento, funcional, pois éramos estagiarios, a primeira coisa que todos ouviram foi o tradicional “DA SEUS PULOS E SE VIRA”. Após um ano, consegui uma carga no Degran, que a mantenho até hoje comigo, um revolver Taurus, 2 polegadas, 6 tiros e cano fino, guarnecido com duas cargas de munição e a recomendação que usasse com moderação.
Pode até parecer hilário para alguns, mas era assim mesmo!
As viaturas, na sua grande maioria, Veraneios, da década de 60 e 70, cambio de 3 velocidades, movidas a gasolina, algumas delegacias, possuiam as de 4 velocidades e movidas a alcool.
A quantidade de favelas, cortiços na Capital e grande S.P., embora duvidem era infinitamente maior ao existente hoje, nosso meio de comunicação era falho, ineficaz, não haviam telefones celulares. Raramente conseguiamos apoio em alguma “AZIA”, Desde aquela época, o Hilkias, já labutava pelo tal NU, que se tivesse sido implementado na ocasião, hoje, todos teriam curso superior. Esta luta, é bem anterior mesmo a da PF, com todas as dificuldades existentes, mas a Policia Civil de São Paulo, era o TOP.
Não mencionarei os “caroços”, porque com certeza, isso virará uma novela mexicana, com direito a choros e lágrimas.
Mas, uma coisa, naquela época tínhamos, UNIÃO, fosse alguém fazer algo de ruim para um Policial Civil, para ver o reboliço que dava. Várias oportunidades, houveram embates com a PM, no 1º D.P., no palácio das Industrias, no Pq. D.Pedro, coisa de precisar intervenção de Secretário de Segurança, Delegado Geral e Comandante Geral.
Mas, isso é passado, habita apenas na memória de quem viveu, o que vejo hoje, é cada um OLHANDO PARA O SEU LADO e todos, todos mesmo, com a conta no banco devedora.
Tudo bem, sei que sou antigo, para alguns até ultrapassado, mas eu tenho história para contar e experiência para compartilhar. Claro, como na minha época, o ingresso era com exigência de 2º gráu, não implica que todos éramos IGNORANTES, as pessoas se fixam em um ou outro, ou mesmo aquele que se faz de BURRO, para fugir da tarefa, coisas corriqueiras no serviço publico, mas isso é opção de cada um. O que eu posso afirmar, é que na época dos 2º gráu, os esclarecimentos eram em maior numero, investigador ia para a rua, para a zona, para a favela, campanas e campanas madrugada à fora. Coisas do passado, que hoje afloram em minha mente. A moda hoje em dia, é investigação VIRTUAL, colega que não entra em “muquifo”, colega que sente medo de arma de fogo, mas em contra-partida é um otimo conhecedor dos recursos de informática. Apesar que há o crime cibernético, mas ainda a grande maioria dos delinquentes, faz uso do “Oitão” e do “mão prá cabeça”, motivo este ao meu ver, que ocasionou o aumento da incidência criminal, associada as nossas Leis.
Não sei, qual será o futuro de nossa Policia Civil, mas do passado eu sei. Se para alguns, os dias de hoje são ruins, que pena, tenho uma triste noticia, já foram bem piores e melhores também.
Talvez, quando conseguirmos a UNIÃO QUE HAVIA ANTIGAMENTE, saiamos desta vala que nos encontramos, mas, tenho a certeza que se ocorrer, não farei mais parte dos quadros, estarei na inatividade, serei apenas mais uma lembrança para as pessoas que me conheceram ou que comigo trabalharam.

é o que penso

C.A.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Proposta de desmilitarização da PM acirra conflito entre agentes e delegados da PF.


Agentes veem item sobre reestruturação da carreira como ascensão, enquanto delegados apontam 'trem da alegria'

A proposta de emenda constitucional que trata da desmilitarização da Polícia Militar e de mudanças na organização da Polícia Civil e Polícia Federal (PEC-51) acirrou os ânimos entre os agentes e delegados da PF.De um lado, os agentes que enxergam na proposta uma possibilidade de ascensão na carreira por mérito. Eles defendem a aprovação da proposta e dizem que os delegados temem perder poder com as mudanças.Do outro lado, os delegados, contrários à aprovação, classificam a proposta de “trem da alegria”. Segundo eles, o texto prevê o reenquadramento de servidores públicos sem a necessidade de concurso.Os delegados, organizados por meio da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), alegam que a proposta é inconstitucional por não ser de iniciativa do Executivo. A argumentação é de que a aprovação da proposta pode gerar um acréscimo de 10% no custo da folha de pagamento da PF. Diante disso, não caberia uma ao Legislativo propor a mudança.A estimativa é de que, com a aprovação da PEC, a folha de pagamento da PF seja elevada em R$ 20 milhões ao mês. Hoje, a PF gasta aproximadamente R$ 200 milhões por mês com pagamento de pessoal.Esse percentual de aumento de despesas é indicado em uma nota técnica emitida pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Apesar de reconhecer o impacto, a ANPR está do lado dos agentes, no apoio à proposta, que tramita no Senado. A relatoria está a cargo do senador Humberto Costa (PT-PE).No âmbito da Polícia Federal, a PEC pode provocar a criação da chamada “carreira de cargo único”. Na prática, transformaria o cargo de delegado de polícia em uma função obtida por mérito. Isso permitiria, por exemplo, a quem entrou para a Polícia Federal como agente, chegar à condição de delegado. Os delegados reclamam que não existem critérios claros no texto da proposta de como ocorreriam essas progressões dentro da carreira policial.Atualmente, o delegado de polícia começa a carreira após passar em um concurso público específico para essa função. O agente somente consegue chegar à condição de delegado, caso passe neste concurso. Além de promover essas mudanças na carreira da Polícia Federal o texto da PEC também atinge a carreira da Polícia Civil em todo o Brasil. O texto propõe os cargos na carreira policial às funções de delegados e não delegados e prevê o controle externo das atividades policiais.Entre os delegados, há o receio dos delegados de que, pela falta de um concurso público específico para delegado de polícia, possam ocorrer situações classificadas por eles como absurdas. Um exemplo alegado é a existência de delegados sem ensino superior, mas promovido por tempo de serviço, comandar uma equipe de agentes com ensino superior.“Para os delegados de Polícia Federal, ela é uma PEC que não tem razão de ser. A PF já é uma instituição que tem grande credibilidade perante a sociedade, sempre com índices de aprovação acima de 50%. É uma instituição que tem o reconhecimento da população e tentar uma modificação da estrutura da Polícia Federal não é nada salutar. Os delegados não aceitam uma carreira de cargo único. Qual o cargo que vai ser extinto? O de delegado?”, questionou o presidente da ADPF, Marcos Leôncio Ribeiro. “Causa estranheza que a ANPR, que representa uma categoria cuja uma das finalidades é ser fiscais da lei concorde com uma proposta inconstitucional”, complementou.Além da ANPR, a PEC 51 tem o apoio da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef). “Desde a Constituição já era para se ter regulamentado uma carreira única e isso nunca aconteceu. Toda a população acredita que o agente, com tempo de trabalho, vira delegado. E não vira. Por mais que você cresça na profissão, você não tem acesso à gestão nem ao comando dos processos de investigação. A PEC 51 corrige isso”, alega o vice-presidente da Fenapef, Luís Antônio Bouden.Além das mudanças na carreira, a PEC 51 propõe um projeto de força de segurança unificada, acabando com o termo “Polícia Militar”. Cada estado teria autonomia para administrar as polícias e promover as funções de policiamento e investigação. Outra alteração proposta é a união dos procedimentos policiais. Atualmente, estas funções são especificadas para cada polícia. A Polícia Militar, por exemplo, cuida do policiamento ostensivo. Já as polícias Civil e Federal cuidam da investigação criminal.Quando ocorre um assassinato, o primeiro atendimento é feito por policiais militares que depois encaminham o processo à polícia civil. A proposta pode criar situações, por exemplo, em que o mesmo policial que cuida de uma ronda e testemunha um assassinato se responsabilize pela abertura de um procedimento investigatório.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Homem que teria assaltado agência dos Correios é preso em Quartel Geral mas deverá ser solto segundo a policia.


Jovem de 18 anos é suspeito de outros crimes na cidade. 
Materiais que haviam sido furtados em outras ações foram recuperados.

Do G1 Centro-Oeste de Minas

Polícia agiu rápido e localizou os suspeitos  (Foto: Fabrício Silva/Divulgação PM)Polícia localizou no mesmo dia alguns dos suspeitos
(Foto: Fabrício Silva/Divulgação PM)
Um jovem de 18 anos, suspeito de ter participado do assalto à agência dos Correiosno último dia 19 deste mês, foi preso nesta segunda-feira (23) em Quartel Geral.  Segundo informações da Polícia Militar, ele foi abordado próximo da mesma agência e segundo os militares  assumiu ter participado do crime.
O jovem é suspeito de outros furtos e roubos registrados na região. Na casa dele a polícia apreendeu vários materiais que haviam sido furtados, como DVD, violão e sanduicheira.  Foi feito contato com a delegada de Dores do Indaiá que afirmou que ele será intimado para ser ouvido, mas poderia ser liberado
.

Cidades do Centro-Oeste são beneficiadas com acordo da Emater


Municípios vão receber tratores para uso coletivo dos produtores. 
Cada máquina custa em torno de R$ 100 mil.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
Comente agora
Emater firmou compromisso para repasse dos tratores  (Foto: Divilgação/Emater-MG)Emater firmou compromisso para repasse dos
tratores (Foto: Divilgação/Emater-MG)
Os municípios de AbaetéBom Despacho,Carmo da MataCarmópolis de Minas,Estrela do Indaiá, Morada Nova de Minas,Pedra do Indaiá, Pimenta e Santo Antônio do Monte no Centro-Oeste de Minas e São Sebastião do Paraíso no Sul do estado, vão receber patrulhas mecanizadas no início de 2014. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) assinou, nesta segunda-feira (23), um termo de compromisso para o repasse, que está  em conformidade com o contrato assinado entre a Emater-MG e Caixa Econômica Federal. As máquinas foram adquiridas com recursos do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio de emenda parlamentar. Os tratores são para uso coletivo de agricultores familiares que necessitam de máquina, tendo em vista que a necessidade anual não viabiliza que cada uma tenha a sua, pois cada uma custa R$100 mil.
As patrulhas são compostas de tratores agrícolas de pneus e implementos que visam facilitar as operações produtivas dos agricultores familiares por meio de mecanização agrícola. A primeira remessa foi cedida no dia 25 de novembro a nove municípios mineiros, e a segunda,  neste dia 23.
Na assinatura do termo, os prefeitos declaram que farão a manutenção do bem, e informam o número de agricultores que serão beneficiados. A Emater acompanhará o trabalho de beneficiamento coletivo por meio dos extensionistas dos escritórios locais.

De acordo com o presidente da Emater–MG, José Ricardo Roseno, as emendas parlamentares ampliam a capacidade de atender as demandas sociais e estruturais do Estado. "Esta emenda é uma parceria pelo desenvolvimento de Minas. Ajudam no fortalecimento da atividade agrícola e no desenvolvimento dos municípios", explicou.
 
“A Emater-MG possui 11 contratos com o MDA e Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), para adquirir e distribuir patrulhas mecanizadas agrícolas rurais para os municípios de Minas”, informou o coordenador técnico estadual de Planejamento e Gestão Estratégica, Cláudio Augusto Bortoline.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

BANDIDOS MATAM VIGILANTE PARA ROUBAR EMPRESA.

 Veja o vídeo:


Vídeo picante de recrutas semi-nuas dançando irrita Exército de Israel

Extermínio na terra do tênis: Mataram 32 em Nova Serrana só neste ano até o Natal.


Fotos: Jornal O Popular de Nova Serrana
 
Publicidade
Jornal O Popular de Nova Serrana
Na manhã de sábado (21) a Polícia Militar de Nova Serrana foi acionada e compareceu à Rua Um no bairro Amaral, onde informações davam conta de haver um homem caído ao chão com bastante sangramento.

A guarnição composta pelos policiais cabo Alexandre e soldado Lopes depararam com o corpo de Anderson de Souza Silva, 21 anos, caído ao chão, já sem vida, despido, e com vários ferimentos pelo corpo, causados por golpes de faca, o que ocasionou grande sangramento. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito.

Testemunhas disseram que a vítima se encontrava na residência de um travesti, e que foi visto pedindo socorro. Em conversa com os policiais o travesti relatou que conhecera a vítima no Auto Posto, e na noite de sábado após terem se divertido em um forró, foram para sua residência onde iniciaram um programa.
O travesti disse ainda que foram surpreendidos por dois indivíduos conhecidos por Neguinho e Carioca, que após invadirem sua casa, dominaram Anderson e o arrastou para fora desferindo-lhe vários golpes de faca e depois o arrastando até o canteiro de obras de duplicação da BR-262.

Os autores fugiram tomando rumo ignorado. O travesti relatou ainda que os autores trabalham em uma transportadora e que a motivação do crime seria passional.

Compareceu ao local a perícia técnica, a qual realizou seus trabalhos constatando múltiplos ferimentos na região do tórax uma lesão no antebraço esquerdo e outra no antebraço direito.

Anderson de Souza era natural de Camacan na Bahia e estava em Nova Serrana há 3 meses e trabalhava na estruturação de uma loja. O corpo foi levado para o IML em Bom Despacho e, em seguida, para o estado da Bahia, de onde a vítima era natural. Liberando o corpo para a funerária. O travesti foi encaminhado à Depol para mais esclarecimentos. Quanto aos autores citados por ele, estes ainda não foram encontrados.

Nosso blog deseja a todos feliz Natal e próspero ano novo.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

PC encolhe em SP:Pequena lista de tudo que foi perdido pela Polícia Civil nos últimos anos

 ROUBAIX

PERÍCIA – Foi embora e se tornou Polícia Científica.
DETRAN – Foi levado embora para outra pasta e agora dá lucro.
CORREGEDORIA – Foi embora para o SSP.
CADEIAS – Levado pela SAP juntamente com escutas ambientais, de celular, cadastro, visita e fotos dos ‘reeducandos’.
INVESTIGAÇÃO – PM e MP investigando à vontade.
PORTE DE ARMA – Polícia Federal
RG – Com o Registro Geral Único prestes a ser implementado IIRGD se tornará obsoleto.
VIATURAS FRIAS – Existem aos montes para todas as demais secretarias todo mundo sabe quais são.
DEIC – Parado, já não dá canas de repercussão como na época do Bittencourt.
DENARC – Acuado.
DHPP – Saudades do Caso Von Richtoffen.
GER – Desmantelado
GARRA – Saudosimo
DOSAT – Foi-se

Senar abre inscrições para cursos gratuitos em Bom Despacho


Capacitações são voltadas para produtores e trabalhadores rurais.
Interessados devem ir ao Sindicato Rural ou à Secretaria de Agricultura.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
Comente agora
Estão abertas as inscrições para dez cursos profissionalizantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em Bom Despacho. As capacitações são gratuitas, voltadas para produtores e trabalhadores rurais. Segundo o mobilizador dos cursos, Hallan Freitas, as aulas devem começar em fevereiro. Os cursos são de 20 a 40 horas e cada um deve oferecer até 12 vagas.
As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de janeiro na Secretaria de Agricultura que fica na Praça Irmã Albuquerque, nº 45, no Centro, ou no Sindicato Rural de Bom Despacho que fica na Rua Sisalpino Marques Gontijo, nº 335, no Bairro São José. Outras informações pelo telefone (37) 3521-2622 ou (37) 3521-3675.

Violência muda pra "roça" mas PM pega pesado: Criminosos assaltam Correios em Dores do Indaiá e Quartel Geral


Em Dores do Indaiá o crime foi durante a manhã e cinco foram presos. 
Em Quartel Geral o assalto foi no início da tarde e um suspeito foi detido. 


Polícia agiu rápido e localizou os suspeitos  (Foto: Fabrício Silva/Divulgação PM)
Polícia agiu rápido e localizou os suspeitos dentro da
agência (Foto: Fabrício Silva/Divulgação PM)
Dois assaltos à agências dos Correios foram registrados nesta quinta-feira (19) na região Centro-Oeste de Minas. A primeira ocorrência foi em Dores do Indaiá, no início da manhã, antes da abertura do estabelecimento. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar (PM) cinco suspeitos armados, entre eles dois adolescentes de 17 e 15 anos, renderam os funcionários, fizeram ameaças e exigiram a entrega de produtos que seriam postados, além de dinheiro, acessórios e celulares.
Os funcionários foram obrigados a deitar no chão, sendo que a gerente chegou a receber chutes dos criminosos. A chegada da polícia impediu que o cofre da agência fosse arrombado. Os militares conseguiram entrar no local que estava trancado, enquanto os criminosos ainda permaneciam lá dentro. A quadrilha tentou fugir, mas três criminosos foram presos dentro da agência. Uma arma e uma réplica foram localizadas.
Os outros dois suspeitos foram encontrados em um matagal com os objetos e o dinheiro. Tudo que havia sido levado foi recuperado, segundo a polícia, inclusive um carro usado pela quadrilha que havia sido roubado em Belo Horizonte. Os suspeitos que são maiores, tem idade de 18,19 e 20 anos.
Quartel Geral 
Em Quartel Geral , a ação de criminosos foi no início da tarde, por volta de 12h, no Centro da cidade. Segundo informações da Polícia Militar, enquanto um adolescente de 17 anos entrou armado na agência dos Correios e anunciou o assalto, um comparsa aguardou a cerca de 300 metros. Eles fugiram em uma moto levando cerca de mil reais. Ninguém foi rendido durante a ação.
Um policial militar, que estava de folga e em trajes civis, seguiu os suspeitos até uma estrada rural, mas acabou perdendo-os de vista. Ele acionou reforços e de posse de informações conseguiram localizar o suspeito que ajudou na fuga. O adolescente responsável pela retirada do dinheiro da agência, que já é conhecido no meio policial, continua foragido. Um outro adolescente que emprestou a moto usada na fuga, também deve ser ouvido pela Polícia Civil
.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Homem é morto após tentar fugir com a esposa de assalto em Perdigão

Jovem estava em uma moto com a esposa quando foi baleado. 

Suspeitos não foram localizados, polícia faz rastreamento. 

A Polícia Militar (PM) faz rastreamento na região Centro-Oeste em busca de dois suspeitos de atirar em um motociclista, na via que liga Nova Serrana a Perdigão, conhecida como Rodovia do Calçado. O jovem de 29 anos estava com a esposa quando foi abordado pelos suspeitos, que anunciaram o assalto e queriam o veículo. Ele ainda conseguiu se deslocar com a moto até um bar, na comunidade conhecida como Moitinha, mas foi atingido por um disparo. Após ser baleado, o jovem e a esposa caíram da moto. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local, a jovem teve apenas escoriações devido a queda.
Os suspeitos fugiram em uma moto vermelha e não foram localizados até o momento. A polícia não informou a idade da esposa da vítima porque a ocorrência está em andamento. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML)
.