Postagem em destaque

Só no Brasil: Para não serem presos Policiais tinham de se deixar golpear por louco com facão em Bom Despacho.

Vítima estava ameaçando matar mulher e sogro na zona rural da cidade. No local o homem tentou atingir os militares com a arma. Policiais ...

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Radar onde ocorreu tentativa de assalto é alvejado a tiros em Pompéu



Um radar situado a 5 km de Pompéu, onde ocorreu uma tentativa de roubo com vítima fatal, foi alvo de tiros na noite destra segunda. 

Depois do crime no local uma grande polêmica de instalou na redes sociais culpando o equipamento pelo crime ocorrido. Na noite desta segunda o equipamento foi danificado por tiros de espingarda.

A polícia está investigando ocaso e caso seja apurado o autor poderá responder por danos ao patrimônio publico.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O blogue apoia: Requerimento de audiência pública para debater a situação da criminalidade em Pompeu MG

Resultado de imagem para violencia pompeu

Para: Câmara Municipal de Pompéu, Polícia Militar, Polícia Civil,Tribunal de Justiça

Nós, cidadãos Pompeanos abaixo assinado, viemos por meio deste, requerer a realização de uma audiência pública conjunta entre os poderes executivo, legislativo, judiciário e as polícias, como forma de debater e encontrar saídas para resolver o problema da crescente onda de criminalidade que assola nossa cidade.

Blogue mostra o radar e o local onde houve uma tentativa de assalto com vitima fatal em Pompéu.



O local é um trecho da Rodovia MG 420 a cinco quilômetros da cidade de Pompeu, próximo a uma fazenda onde há uma curva em uma cava com barrancos íngremes e altos dos dois lados da via.

O redar recém instalado permite velocidade máxima de 60 km por hora.

Apesar da existência do radar não ser decisiva para possibilitar a abordagem dos assaltantes no local, o mesmo esta em um local inadequado pois é de difícil visualização.

Deveria ser instalado e um trecho anterior ou posterior a curva e nunca  em seu percurso.

O objetivo dos radares  é a educação para o transito e não a punição ou a arrecadação de multas devendo portanto estar alocado em local visível.

Na pista onde se encontra instalado o equipamento foram visualizadas diversas frenagens , pois o motorista assusta ao se deparar com o equipamento e aciona repentinamente o freio, isso em uma curva pode acabar provocando acidentes.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Ladrões matam mais um em Pompeu.

Um homem foi morto em uma tentativa de assalto rodovia na MG 420, a cinco quilômetros da cidade de Pompeu , vítima de Itamarandiba, seguia com um pequeno caminhão carregado de roupas e nas proximidades de um radar recém instalado no local, foi abordado por dois assaltantes que deram ordem para que parasse. A vítima tentou fugir e foi alvejado pelos criminosos levando um tiro que atravessou o braço e atingiu o coração. Ele foi socorrido ao PAM de Pompéu porém não resistiu e veio a Óbito.

sábado, 28 de janeiro de 2017

Pitancrime: Bando assalta Banda em Pitangui.

Músicos e dançarinos da Lady Lux tiveram dinheiro e objetos roubados. 
Vítima questiona falta de viatura de PM; G1 aguarda resposta da Seds.

Ricardo WelbertDo G1 Centro-Oeste de Minas
Van de banda assaltada em Pitangui  (Foto: Andrea Nunes/Arquivo pessoal)Após o assalto, vítimas seguiram na mesma van até
o quartel da PM para o registro do boletim de
ocorrência (Foto: Andrea Nunes/Arquivo pessoal)
Integrantes de uma banda foram assaltados durante a madrugada deste sábado (28) em Pitangui. De acordo com a Polícia Militar (PM), os músicos e dançarinos da Lady Lux estavam em uma van no Bairro Chapadão. Eles se preparavam para viajar ao Espírito Santo, onde fariam um show, quando foram abordados por três homens armados e encapuzados que chegaram a pé.
Os criminosos ameaçaram os 20 ocupantes do veículo e exigiram os pertences deles. A ação durou poucos minutos e os bandidos fugiram levando várias carteiras com dinheiro, documentos das vítimas e motocicleta do dono da van, que estava parada no local. A PM ainda não tem pistas dos bandidos.
G1 conversou com a dona da banda, Andrea Vasconcelos Nunes. Ela disse que chamou a PM para registrar a ocorrência e foi informada de que não havia nenhuma viatura disponível para ir ao local.
Por isso, ela mesma precisou ir ao quartel. No local, um policial explicou que a única viatura que a PM tem na cidade estava sendo usada naquele momento para o transporte de um preso a Nova Serrana.
Acho isso um absurdo, porque a cidade fica desprotegida, à mercê dos bandidos.
Andrea Vasconcelos Nunes, dona da banda
"Acho isso um absurdo, porque a cidade fica desprotegida, à mercê dos bandidos. Como podemos trabalhar se não temos segurança?", criticou.
A reportagem fez contato também com a PM em Pitangui, que confirmou todas as informações fornecidas por Andrea. O quartel na cidade tem apenas uma viatura. Já foram feitos vários pedidos de novos veículos ao Estado, mas nenhum foi atendido até o momento.
G1 fez contato com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) em busca de explicações sobre a carência de viaturas para a PM em Pitangui, mas ainda não obteve retorno.
Segundo assalto
Ainda de acordo com Andrea Vasconcelos Nunes, esta foi a segunda vez em que os músicos foram alvos de criminosos na região. Há nove meses o ônibus deles foi assaltado em Conceição do Pará. Na ocasião, todas as vítimas foram amarradas dentro do veículo, o motorista foi agredido e uma caminhonete foi roubada. O veículo foi recuperado.

Rio teve 769 policiais mortos em sete anos, suficientes para compor um batalhão e duas delegacias


O cabo Roque Júnior: morto em Magé nesta sexta-feira Foto: Reprodução
O sargento Artur Moura: morto em Copacabana nesta sexta-feira Foto: Reprodução
Luã Marinatto
Tamanho do texto A A A
Em pouco mais de sete anos, 692 PMs e 77 policiais civis assassinados no Estado do Rio de Janeiro — o equivalente a aproximadamente uma morte a cada três dias desde 2010, em média. O levantamento inclui dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), sobre agentes em serviço, e números obtidos via Lei de Acesso à Informação junto ao governo do estado, tratando daqueles que estavam de folga. Como as estatísticas oficiais só vão até novembro do ano passado, a análise foi complementada com casos dos dois últimos meses levantados pelo próprio EXTRA.
Somados, os PMs que se tornaram vítimas da violência no período poderiam compor o efetivo de um batalhão de área de médio porte — na capital, por exemplo, nenhuma unidade do gênero conta com uma tropa maior à disposição. Entre os policiais civis, as mortes equivalem ao número de policiais que atuam em, pelo menos, duas delegacias distritais, também de médio porte.
Uma a cada cinco mortes de agentes de segurança aconteceu com vítimas de folga. O percentual dos casos ocorridos fora do expediente é maior entre os PMs (81,4%) do que entre os policiais civis (70,1%). Só nesta sexta-feira, mais dois policiais militares foram mortos fora do horário de trabalho.
Embora ainda não tenha chegado ao fim, janeiro de 2017 já registra o mais alto número de mortes de policiais na comparação com os mesmos meses dos anos anteriores: foram 17 casos. O número pode subir se um corpo que foi encontrado carbonizado em Itaguaí, na Baixada Fluminense, for confirmado como sendo do subtenente Cássio Ferreira.
Foto: Reprodução


Dois mortos numa única tarde
Os dois policiais militares assassinados nesta sexta-feira, ambos no início da tarde, foram baleados por criminosos durante tentativas de assalto. Um dos casos aconteceu em uma das esquinas mais movimentadas de Copacabana, numa das regiões mais turísticas da Zona Sul do Rio.
O sargento Artur Fernando Ribeiro Moura, de 47 anos, havia acabado de deixar uma agência bancária na Avenida Nossa Senhora de Copacabana quando foi abordado por um ladrão. Após tentar levar a mochila que o policial carregava, o bandido atirou contra ele pelo menos três vezes — dois disparos atingiram o peito e outro, o rosto.
Artur chegou a ser socorrido para o Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea, mas não resistiu aos ferimentos. Ele era lotado no 6º BPM (Tijuca).
Já o cabo Roque Medeiros Fonseca Júnior, de 34 anos, foi alvejado durante um assalto a uma loja de departamento no bairro de Piabetá, em Magé, na Baixada Fluminense. Também socorrido a uma UPA, o praça do 34º BPM (Magé) acabou não resistindo.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Polícia está no encalço de latrocidas em Formiga.

Divinópolis

Da Redação

A Polícia Militar (PM) apreendeu nesta quinta-feira, 26, a caminhonete Hilux usada em um assassinato em Formiga na semana passada. Três homens foram presos e um menor apreendido.

Durante patrulhamento, policiais abordaram dois homens de 24 e 34 anos na rua Virato Correia com Guapé, no bairro Belvedere II. Eles estavam em um Fiat Uno vinho e com R$ 3.000 em dinheiro, além de dois aparelhos celulares. A PM acredita que o dinheiro é proveniente de explosão de caixa eletrônico.

Na casa deles, na rua Sargento Henrique Loureiro, no bairro Realengo, foi localizado um terceiro autor, de 26 anos, contra quem já havia um mandado de prisão. No local, havia uma Saveiro preta com placas adulteradas. Esse veículo foi furtado em Belo Horizonte no dia 18 de janeiro. Foram apreendidos ainda: seis munições calibre 38 intactas, um HT (aparelho de rádio amador na frequência da PMMG), um bloqueador de rastreador veicular e CRLVs diversos. Havia, inclusive, um documento da Saveiro com assinatura de venda.

Já na residência de um menor, foi apreendida a Hylux branca, também com placas adulteradas. Esse veículo, segundo a PM, foi usado no assassinato em Formiga na quinta-feira passada, 19.

A perícia esteve no local e uma equipe da Polícia Civil de Formiga está na Delegacia de Divinópolis. Mais detalhes serão divulgados pela PM a qualquer momento.

O assassinato

Gilmar Basílio de 56 anos chegava para trabalhar em sua empresa quando foi surpreendido e morto no Centro de Formiga. Após o crime, os criminosos fugiram e estão sendo procurados pela Polícia Militar (PM).

De acordo com a PM, testemunhas relataram que ouviram dois tiros no local e correram para ver o que havia ocorrido. Nesse momento, avistaram uma caminhonete branca fugindo em alta velocidade rumo ao terminal rodoviário da cidade.

Policia Civil mostra como pegou adolescente suspeito de ter matado comerciante em Pitangui.



Por ser menor ele deverá ser liberado em Breve, segundo a policia ele já teria passagem por trafico de drogas e tentativa de homicídio.

Porte Rural de arma de fogo é aprovado na Comissão Especial, concessão será restrita aos produtores rurais

23 de fevereiro de 2016

Facebook

A licença para o porte rural de arma será concedida mediante apresentação documental

A Comissão Especial que analisou o Projeto de Lei 3722/2012, do deputado Rogério Peninha Mendonça, que regulamenta a posse e porte de armas, aprovou, o substitutivo do deputado federal Laudívio Carvalho, por 19 votos favoráveis e oito contrários. A proposta do deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que cria a licença do Porte Rural de Armas, também foi aprovada.

A proposta de Afonso Hamm, inseridas nos artigos 71, 72 e 73, visa permitir o Porte Rural de Arma de Fogo aos proprietários e trabalhadores, maiores de 25 anos, residentes na área rural, e que dependam do emprego de arma de fogo para proporcionar a defesa pessoal, familiar ou de terceiros, assim como, a defesa patrimonial.

Conforme o texto, a licença para o porte rural de arma será concedida mediante apresentação documental, comprovante de residência em área rural e atestado de bons antecedentes. A licença terá validade de 10 anos e é restrita aos limites da propriedade rural, condicionada à demonstração simplificada, à autoridade responsável pela emissão, de habilidade no manejo da categoria de arma que pretende portar. A arma de fogo do titular será cadastrada e registrada no Sistema Nacional de Armas (SINARM).

O artigo 89 também atenta que não comete delito o proprietário e o trabalhador residentes na área rural encontrados, nos limites da propriedade, com arma registrada.

Segurança no meio rural

O deputado Afonso Hamm, que pronunciou favorável ao relatório, durante a votação, destaca que se trata de regramento que disciplina as normas sobre aquisição, posse, porte e circulação de armas de fogo e munições. “Quem não tiver a capacidade psicológica ou de manuseio não será habilitado”, aponta.

Em relação ao Porte Rural de Armas, Hamm  destaca que é uma grande conquista que corresponde aos anseios dos residentes rurais (produtores e trabalhadores) com o propósito garantir a segurança no meio rural. “A insegurança no campo é muito comum entre aos residentes na zona rural, que vivem de forma isoladas e que em virtude da distância, são desprovidos de segurança”, relata o parlamentar ao observar que é no meio rural que ocorrem muitos crimes como o abigeato (roubo ou furto de animais), assim como, furto dos insumos, veículos, maquinários e ocorrem assalto aos moradores.

Hamm enfatiza que essa proposta oportuniza a defesa de quem reside no meio rural promovendo mais segurança em preservar suas vidas, da família e de terceiros e a defesa patrimonial”, observa.

O deputado parabenizou o autor do projeto, Peninha Mendonça, o relator Laudívio, o presidente da Comissão, Marcos Montes, o consultor Fernando Rocha, os parlamentares que integram a Comissão e a equipe dos gabinetes que contribuíram com o relatório.

 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Outro menor suspeito de matar comerciante em Pitangui é apreendido. Por ser menor poderá ser liberado em poucos dias.

Adolescente de 17 anos estava foragido na região metropolitana da capital.
Outros dois suspeitos já haviam sido detidos pela PM na última semana.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
Comerciante Flávio Alva, de 35 anos, morto durante assalto em Pitangui (Foto: Reprodução/TV Integração)Comerciante Flávio Alva, de 35 anos, morto
durante assalto (Foto: Reprodução/TV Integração)
A Polícia Civil apreendeu um adolescente, de 17 anos, suspeito de ter atirado em um comerciante durante um assalto na semana passada, em Pitangui. A vítima, Flávio Alva, de 35 anos, morreu após ser baleado durante o assalto à loja dele, na quarta-feira (18).
A delegada responsável pelas investigações, Jeneffer Caldeira, informou que os policiais conseguiram identificá-lo na cidade de Igarapé, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a delegada, as investigações seguem até a apreensão de mais um suspeito, que também é menor.
Outros suspeitos
Na semana passada, a Polícia Militar (PM) de Pitangui deteve dois suspeitos de participar do mesmo crime. Um jovem de 19 anos, segundo a PM, era quem dirigia a moto usada na fuga. Ele já tem passagens por roubos e homicídios na cidade.
O adolescente, de 15 anos, suspeito de ter atirado no comerciante, já foi preso várias vezes por tráfico, roubo e homicídio.  Na ocasião, o adolescente foi liberado e o jovem levado para o presídio de Pitangui, onde continua detido. Entretanto, ainda não foi comprovada a participação deles no crime.
Segurança
Na última sexta-feira (20), a segurança pública em Pitangui foi tema de uma reunião. O evento teve a participação de representantes de órgãos públicos, do comércio e da população. Dentre as ações previamente definidas estão a coleta de assinaturas para um abaixo-assinado que exige reforço da segurança e a implantação de uma guarda patrimonial municipal.
Em protesto, 99,2% dos estabelecimentos comerciais credenciados à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) fecharam as portas na quinta-feira (19). O funcionamento voltou ao normal na sexta-feira.
De acordo com a presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep), Clara Helena Nunes, o índice de assaltos na cidade é resultado de outros crimes. "Nossa cidade hoje está militada por traficantes e usuários de drogas. A violência cresce cada vez mais. Nós ficamos colocando as vidas em risco", disse.
O comerciante Procópio de Freitas disse que a guarda municipal não resolveria definitivamente o problema da insegurança, mas contribuiria para manter a paz social. "Sabemos que uma guarda municipal tem as suas limitações, mas é como uma medida inibidora que com certeza pode nos ajudar".
O tenente Samuel Moreira, da PM, disse que os policiais da cidade fazem o que podem para evitar crimes e prender criminosos. "Dentro dos nossos limites e possibilidades, estamos reforçando o policiamento em Pitangui. A sede da unidade fica em Nova Serrana e nos primeiros dias do ano veio reforço até da região".
O militar ressalta a importância de as vítimas não reagirem aos assaltos. "A gente sabe que às vezes o nervosismo fala mais alto, mas o correto é não reagir, pois não se sabe como será a reação do outro", comentou.
O crime
Imagens de uma câmera de monitoramento do circuito interno da loja mostram o momento do crime. O vídeo mostra um suspeito entrando na loja armado de capacete. Ele anuncia o assalto, pede dinheiro e o dono do local se levanta e segue para o caixa.
O suspeito agride a vítima mais de uma vez com a arma. O homem então reage às agressões e empurra o criminoso que efetua um disparo e acerta o rosto do comerciante. Havia funcionários e clientes na loja.
Após o disparo, o autor fugiu em uma moto com um comparsa que o aguardava do lado de fora do local. Pelas imagens, a PM afirma que podem ser dois adolescentes. A Polícia Civil investiga o crime.
Despedida
O corpo de Flávio Alva foi enterrado às 17h de quinta-feira em Pitangui. Ele deixa a mulher e dois filhos, de dois e cinco anos. O mais novo fez aniversário no dia em que o pai foi morto. "A festinha estava marcada para sábado (21). Já estávamos preparando tudo. Inclusive ele estava chegando com os doces para o aniversário do filho. É uma perda para todos os lados", disse Flávio Lúcio Valério, pai da vítima.
Loja onde comerciante foi assassinado em Pitangui (Foto: Thiago Carvalho/G1)Loja onde comerciante foi assassinado em Pitangui (Foto: Thiago Carvalho/G1)

Escrivão da PC manda assaltantes "viajar" em São José da Lapa.

O Escrivão da PC Flávio Henrique Ferreira, lotado na PC em Vespasiano, estava de folga, quando,  em seu horário de laser na Rua José Gomes Guimarães, bairro Centro, São José da Lapa, mais precisamente em uma quadra esportiva, momento em que três indivíduos não identificados chegaram repentinamente adentraram ao local, sendo que um deles de arma na mão anunciou um assalto, todos gritando "perdeu, perdeu". Instante em que o indivíduo que estava se camisa azul e com uma arma na mão aproximou-se do Policial Civil e, nesse mesmo momento o policial conseguiu sacar de sua arma e se defender efetuando disparos de arma de fogo para se defender, os quais atingiram em princípio  dois dos autores que tiveram óbito no local. Várias viaturas PM chegaram no local em apoio, entretanto, um dos autores conseguiu evadir sem ser identificado. Ocorrência em andamento. Uma guarnição da Polícia Civil no local.
O blog parabeniza o colega pela coragem e pela Missão Cumprida.

Polícia procura adolescentes que tentaram mandar jovem para a "eterna escuridão" em Luz

Resultado de imagem para escuridão
Dupla tentou matar outro adolescente; vítima levou um tiro na cabeça. Após o crime, suspeitos fugiram em bicicletas e não foram localizados.
26/01/2017 09h35 - Atualizado em 26/01/2017 09h35
Do G1 Centro-Oeste de Minas
A Polícia Militar (PM) procura dois adolescentes de 17 anos que tentaram matar, nessa quarta-feira (26), um outro adolescente, também de 17 anos. Segundo a PM, os suspeitos chegaram e atiraram na vítima. Um dos disparos atingiu a cabeça do adolescente.
A vítima foi levada consciente para o Hospital de Luz e depois transferida para o Hospital São João de Deus (HSJD), em Divinópolis. A unidade não repassou detalhes do estado de saúde do adolescente.
Os dois suspeitos do crime fugiram em bicicletas. Ainda de acordo com a polícia, eles têm envolvimento com vários crimes, entre eles, furtos, roubos e tráfico de drogas.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Polícia Civil apreende suspeito de latrocínio em Pitangui

A Polícia Civil de Pitangui,  apreendeu o menor W/B/S (17 anos)vulgo Neném, suspeito de ter praticado o latrocínio no município de Pitangui na última quarta-feira, dia 18/01/17, vitimando a pessoa de Flávio da loja CenterCell celulares.
A Delegada responsável pelas investigações, Dra. Jeneffer Caldeira, informou que há oito dias estão ininterruptamente investigando o caso, e, diante de diversos levantamentos, conseguiram identificar um dos autores na cidade de Igarapé/MG, zona metropolitana de BH, local onde se refugiou após o crime, sendo este menor o suspeito de ter adentrado na loja e efetuado os disparos que levou a vítima a óbito.
"Flavinho", como era conhecido, era uma pessoa muito querida na cidade e região. O crime causou grande repercussão e tristeza, principalmente pela maneira covarde e cruel que foi praticado.
Segundo a Delegada, às investigações continuarão
até a apreensão do segundo suspeito, que também é menor.
O adolescente infrator será agora encaminhado ao local apropriado à disposição da justiça.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Bandidos mantém funcionários e clientes sob a mira de armas e assaltam Sicoob em Luz

Violência no interior.
Sem Luz no fim do túnel.
Ladrões rendem funcionários e clientes de banco em Luz
Dupla armada roubou agência do Sicoob no Centro e fugiu em um carro. G1 aguarda retorno de banco; ninguém foi preso.
24/01/2017 17h12 - Atualizado em 24/01/2017 17h12
Do G1 Centro-Oeste de Minas
Dois criminosos armados invadiram uma agência do Sicoob no Centro de Luz e renderam clientes e funcionários na tarde desta terça-feira (24). Segundo as primeiras informações da Polícia Militar (PM), a dupla fugiu em um carro após o assalto.
Os militares não souberam informar se os assaltantes levaram apenas valores da agência ou se também roubaram clientes e funcionários. Até o fechamento desta matéria, a quantia roubada também não foi divulgada. O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação do banco e aguarda retorno.
Os policiais contaram que os criminosos abandonaram o carro em que saíram e pegaram outro veículo, possivelmente deixado em local estratégico pela dupla. Os militares acreditam ainda que eles envolveram um terceiro carro na fuga.
A PM informou que faz rastreamento em busca de suspeitos.

Cadaver é encontrado às margens da BR-262 em Bom Despacho

Polícia suspeita que homem tenha sido atropelado na rodovia. Vítima foi levada para um necrotério sem identificação.

24/01/2017 12h29 - Atualizado em 24/01/2017 12h29

Do G1 Centro-Oeste de Minas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou, na madrugada desta terça-feira (24), o corpo de um homem ainda não identificado. A vítima estava caída às margens da BR-262. A suspeita é que ele tenha sido atropelado.

Ainda segundo informações dos policiais, não foi possível identificar a vítima por conta dos ferimentos e nenhum documento foi encontrado. A perícia compareceu ao local e o corpo foi levado para o necrotério de Bom Despacho.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Bandidos atacam Ônibus entre Bom Despacho e Martinho Campos

Na noite do último domingo, 22, por volta das 23h, a Polícia Militar foi acionada pelo motorista do ônibus da Viação Oeste de Minas,  que faz o transporte de passageiros entre as cidades de Bom Despacho e Martinho Campos. O chamado ocorreu após dois indivíduos entrarem no veículo e anunciarem o assalto. Os ladrões levaram dinheiro e um aparelho celular. 

Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos embarcaram no ônibus no Distrito do Engenho do Ribeiro, há 17km de Bom Despacho.  Logo após a trocadora  buscar os bilhetes de passagem, um dos autores anunciou o assalto. Eles levaram R$ 1.100,00 em dinheiro e  um aparelho celular. 

Fonte :

Jornal Fique Sabendo.

De acordo com a Polícia, ao chegarem no bairro de Lagoa dos Buritis em Martinho Campos, os autores ordenaram ao motorista para seguir com a viagem. Momentos depois,  os suspeitos  fugiram rumo a uma mata das proximidades. 

Brasil: Poilcia prende suspeitos de matar de comerciante em Pitangui, o menor que atirou na vitima deve ser solto em poucos dias.


Os dois já têm passagem na polícia por roubo, tráfico e homicídios.
Vítima foi atingida por um disparo no rosto durante assalto à loja dele.


Do G1 Centro-Oeste de Minas








A Polícia Militar (PM) de Pitangui prendeu dois suspeitos de participar do assalto na semana passada que terminou na morte de um comerciante da cidade. Flávio Alva, de 35 anos, morreu após ser baleado durante um assalto à loja dele, na quarta-feira (18).
O jovem de 19 anos, segundo a PM, era quem dirigia a moto usada na fuga. Ele já tem passagens por roubos e homicídios na cidade. O adolescente, de 15 anos, suspeito de ter atirado no comerciante, já foi preso várias vezes por tráfico, roubo e homicídio.
Na casa em que eles estavam escondidos, os policiais encontraram meio quilo de maconha, material para embalar a droga, um revólver, que de acordo com a polícia, deve ser a arma usada no crime, e também munição.
O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.
Na última sexta-feira (20), a segurança pública em Pitangui foi tema de uma reunião. O evento teve a participação de representantes de órgãos públicos, do comércio e da população. Dentre as ações previamente definidas estão a coleta de assinaturas para um abaixo-assinado que exige reforço da segurança e a implantação de uma guarda patrimonial municipal.
Em protesto, 99,2% dos estabelecimentos comerciais credenciados à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) fecharam as portas na quinta-feira (19). O funcionamento voltou ao normal na sexta-feira.
Comerciante Flávio Alva, de 35 anos, morto durante assalto em Pitangui (Foto: Reprodução/TV Integração)Flávio Alva, 35, foi baleado e morreu em Pitangui
(Foto: Reprodução/TV Integração)
De acordo com a presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep), Clara Helena Nunes, o índice de assaltos na cidade é resultado de outros crimes. "Nossa cidade hoje está militada por traficantes e usuários de drogas. A violência cresce cada vez mais. Nós ficamos colocando as vidas em risco", disse.
O comerciante Procópio de Freitas disse que a guarda municipal não resolveria definitivamente o problema da insegurança, mas contribuiria para manter a paz social. "Sabemos que uma guarda municipal tem as suas limitações, mas é como uma medida inibidora com certeza pode nos ajudar".
O tenente Samuel Moreira, da PM, disse que os policiais da cidade fazem o que podem para evitar crimes e prender criminosos. "Dentro dos nossos limites e possibilidades, estamos reforçando o policiamento em Pitangui. A sede da unidade fica em Nova Serrana e nos primeiros dias do ano veio reforço até da região".
O militar ressalta a importância de as vítimas não reagirem aos assaltos. "A gente sabe que às vezes o nervosismo fala mais alto, mas o correto é não reagir, pois não se sabe como será a reação do outro", comentou.
O crime
Imagens de uma câmera de monitoramento do circuito interno da loja mostram o momento do crime. O vídeo mostra um suspeito entrando na loja armado de capacete. Ele anuncia o assalto, pede dinheiro e o dono do local se levanta e segue para o caixa.
O suspeito agride a vítima mais de uma vez com a arma. O homem então reage às agressões e empurra o criminoso que efetua um disparo e acerta o rosto do comerciante. Havia funcionários e clientes na loja.
Após o disparo, o autor fugiu em uma moto com um comparsa que o aguardava do lado de fora do local. Pelas imagens, a PM afirma que podem ser dois adolescentes. A Polícia Civil investiga o crime.
Despedida
O corpo de Flávio Alva foi enterrado às 17h de quinta-feira em Pitangui. Ele deixa a mulher e dois filhos, de dois e cinco anos. O mais novo fez aniversário no dia em que o pai foi morto. "A festinha estava marcada para sábado (21). Já estávamos preparando tudo. Inclusive ele estava chegando com os doces para o aniversário do filho. É uma perda para todos os lados", disse Flávio Lúcio Valério, pai da vítima.
Loja onde comerciante foi assassinado em Pitangui (Foto: Thiago Carvalho/G1)Loja onde comerciante foi assassinado em Pitangui (Foto: Thiago Carvalho/G1)