Postagem em destaque

Só no Brasil: Para não serem presos Policiais tinham de se deixar golpear por louco com facão em Bom Despacho.

Vítima estava ameaçando matar mulher e sogro na zona rural da cidade. No local o homem tentou atingir os militares com a arma. Policiais ...

terça-feira, 11 de julho de 2017

Prefeito fuma " baseado " e atira contra a Polícia Militar.

Por volta das 21h20min, o Cb Hudson, devidamente escalado de serviço na cidade de Catas Altas da Noruega, recebeu denúncia no celular do plantão da fração dando conta de que as margens da MG-132, que liga a BR-482 à cidade de Lamim, próximo ao acesso à localidade de Boa Vista, haviam 02 veículos em atitude suspeita estacionados, sendo eles um Honda Civic Prata e uma Toyota Hilux da mesma cor. Diante desse fato, objetivando a realização da abordagem em supremacia de força, o Cb Hudson acionou apoio do Sgt Damasceno, devidamente escalado em Itaverava, conforme consórcio de frações, e com sua chegada, deslocaram para realizar a abordagem.

Ao visualizarem os veículos denunciados, os militares posicionaram-se, com giroflex da viatura ligado, à retaguarda dos veículos, e o Sgt Damasceno iniciou verbalização, solicitando que os ocupantes saíssem do veículo e se postassem na posição de busca pessoal para concretização da abordagem. Durante todo o tempo em que os militares verbalizaram, os ocupantes da Hilux recusaram-se em acatar as ordens emanadas.

Em ato contínuo, o motorista da Hilux ligou o veículo, engrenando marcha ré em direção aos militares, que nesse ínterim se abrigaram à retaguarda da viatura em que estavam, ocasião em que um dos ocupantes da Hilux baixou o vidro do motorista, posicionou aparentemente uma arma de fogo em direção aos policiais e efetuou 01 disparo.

Nesse instante, logo após disparar contra os policiais militares, o condutor da Hilux empreendeu fuga. Os militares, diante da fuga da Hilux, acionaram cerco e bloqueio, acionando as frações de Piranga, Lamim, Senhora de Oliveira, Rio Espera e Conselheiro Lafaiete. Nesse instante, foi procedida abordagem ao Honda Civic, placa HOJ-0404, emplacado em Itajubá, que se encontrava estacionado, trancado e desocupado.
Considerando que não havia ninguém no Civic, os militares voltaram sua atenção para a Hilux que havia fugido sentido BR-482. Próximo à localidade de Brás, já na BR-482, os responsáveis pela abordagem depararam-se novamente com a Hilux retornando em sentido contrário, tomando rumo à cidade de Lamim, sendo que os militares retornaram e retomaram a perseguição ao veículo em fuga. Chegando nas proximidades da Ponte Nossa Senhora das Graças, o condutor da Hilux imobilizou bruscamente seu veículo, fazendo retorno na pista em direção aos militares, que já se encontravam desembarcados na tentativa de se realizar nova abordagem.

Ressalta-se que toda essa diligência se deu com a utilização constante do giroflex e sirene da viatura policial.
Os militares deram nova ordem de parada para o condutor da Hilux, que novamente desobedeceu as determinações legalmente emanadas, arremessando seu veículo em direção ao Sgt Damasceno que, diante dessa nova ameaça à sua integridade física, efetuou 02 (dois) disparos com a pistola IMBEL EQA-10510, não tendo como precisar se, naquele momento, algum dos disparos havia atingido a caminhonete ou qualquer ocupante.

O veículo, após os disparos, permaneceu em fuga, em alta velocidade, ocasião em que os militares perderam contato visual com ele. Nesse instante, chegou em apoio no local onde se deu esta última abordagem a viatura de pertencente ao Destacamento de Lamim.

Com a chegada do apoio, as guarnições retornaram ao local onde se deu a primeira abordagem, contudo lá se localizava apenas o Honda Civic. Nesse instante, por volta das 23h30min o Cb Hudson recebeu uma ligação telefônica em seu aparelho de celular oriunda da Sra. Elaine, proprietária do Honda Civic, informando que o veículo era de sua propriedade, que seu carro tinha estragado e que estaria recebendo um apoio de seu amigo “Marcão”, Prefeito Municipal de Lamim e proprietário da Hilux. Elaine confirmou ainda, por telefone, que Marcão tinha de fato efetuado 01 disparo de arma de fogo contra os policiais, pois acreditou que tratavam-se de bandidos, ainda que os militares estivessem devidamente fardados, em viatura caracterizada e com giroflex acionado.

Elaine completou que, no momento em que a Hilux se desvencilhou da guarnição policial, “Marcão” a trouxe de volta para sua residência, em Catas Altas da Noruega, indo embora logo após. Algum tempo depois, o Cb Hudson recebeu nova ligação telefônica de sua esposa, informando que havia um VW Fusca amarelo passando defronte ao quartel várias vezes, em atitude muito estranha, estacionando em frente aos Correios, cerca de 200m distante do quartel, com o condutor ainda em seu interior.

O Cb Ribeiro, estando na sede do Dst de Catas Altas da Noruega, repassou a situação de suspeição do condutor do VW Fusca na rede de rádio, sendo que a abordagem do veículo em questão foi procedida pelos militares do Velado da 61 e da 65 Cia PM, que já estavam na cidade de Catas Altas, juntamente com as equipes Tático Móvel da 302 Cia TM.
Uma vez realizada abordagem, constatou-se, de fato, que o condutor do VW Fusca, devidamente relacionado em campo próprio, era Marco Antônio de Assis, conhecido por Marcão, Prefeito de Lamim e denunciado como condutor da Hilux que atentou contra a vida dos policiais militares. Durante busca no VW Fusca, no interior de uma bolsa preta que estava sobre o banco dianteiro direito, foi localizada a importância de R$ 2.800,00 em espécie, e 03 munições “silver” calibre .38.

O abordado Marcão prontamente assumiu ter efetuado o disparo e evadido da guarnição, pois, na sua concepção, ele acreditava que se tratavam de bandidos, e não policiais militares. De iniciativa, Marcão levou as equipes até o seu sítio, onde estava a Toyota Hilux utilizada na fuga. Marcão também apontou que a arma utilizada por ele, 01 revolver Rossi Cal 38, nr de série 939406 estaria no porta luvas da Hilux. Ao realizarem busca no interior do veículo, foi localizado no porta-luvas da Hilux pelo Sgt Damasceno, local esse apontado por Marcão, o citado revolver, à ocasião desmuniciado. No console central do veículo, foram localizadas 05 munições intactas e 01 capsula deflagrada. Dentro de um “case” utilizado para acondicionar equipamento médico, que estava no banco traseiro da Hilux, haviam mais 04 munições. Também no console central do veículo, foi localizada a porção de maconha, devidamente cadastrada em campo próprio, segundo Marcão, para seu consumo pessoal. Marcão afirmou ainda que, no momento da abordagem, não havia se utilizado de bebida alcoólica, mas havia consumido maconha. As buscas foram filmadas pelos militares.
Observou-se ainda que, dos 02 disparos efetuados pelo Sgt Damasceno, 01 atingiu o parabrisas da Hilux, próximo ao volante, e outro atingiu o pneu dianteiro esquerdo, que estava vazio.

Foi feito contato com a perícia técnica, através do COPOM do 31 BPM, sendo que fomos informados que a perícia seria realizada posteriormente, no pátio credenciado em Ouro Branco. Hilux e Fusca foram apreendidos pelo Guincho Eireli, destinados ao Pátio Ouro Branco. Não foi procedida a remoção do Honda Civic, uma vez que o veículo não se relacionou diretamente com os fatos que deram origem a esta ocorrência, sendo que ele foi deixado no local onde foi abordado inicialmente, incólume.

Durante o registro desta ocorrência, até o seu encerramento, não conseguimos localizar Elaine para que nos acompanhasse até a Delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.